Os Jovens e as suas Duvidas

18 de jun de 2012


                                                           MERCADO DE TRABALHO

          Na atualidade, muitos jovens fazem suas escolhas profissionais pela família, essa tem um papel muito importante na hora da escolha. Um aluno de ensino médio, na faixa etária de 14 a 18 anos normalmente, chega no último ano com muitas dúvidas em relação ao mercado de trabalho ou á opção profissional que irá seguir futuramente. 
        Como ainda estamos nessa fase de descobrimentos, dúvidas, indecisões, e etc,       (Professora Eliane França)
resolvemos entrevistar nossa querida professora de matemática: Eliane França. 
       Perguntamos como ela fez as suas escolhas no passado para que hoje tivesse essa carreira.
       Eliane F. : Com 17 anos, é raro o aluno que tem certeza da profissão que deseja seguir. São muito imaturos, assim como eu.                                                                            Decidi fazer matemática por acaso. Minha escolha era farmácia por ser mais rentável. Só que não passei na primeira opção e  como sempre me dei bem em matemática, coloquei em segunda opção e passei. Quando recebi o resultado, minha família achou melhor eu fazer e depois tentar outro vestibular. Durante o curso me identifiquei e permaneci, formando-me em matemática.
         A segunda pergunta que fizemos a ela foi a seguinte: Como você fez para buscar informações sobre seu futuro profissional?
        Eliane F. : Professor é uma carreira muito popular, então não foi necessário buscar informações. Foi apenas necessário aceitar que seria uma carreira de luta por reconhecimento. Como não sou uma pessoa acomodada e sou muito justa, combinou comigo. Uma profissional crítica e idealizadora. 
         Enfim a terceira pergunta que fizemos foi: Quem ajudou a esclarecer suas dúvidas no momento da sua escolha?
         Eliane F. : Tive o apoio da minha família até hoje eles defendem a profissão: "honrosa". E minha dúvida era: "Será que vou conseguir sobreviver com o salário de professor?". E a resposta sempre foi: "Apesar de não pagar como é merecido, é uma profissão que sempre terá vagas para emprego e se fizer concurso, terá estabilidade na vida. E o futuro do país depende de investimentos na educação. Então chegará o dia que será uma profissão de elite". 
         Enfim acabamos por aqui nossa tarefa com essa entrevista a professora Eliane, e concluímos que como muitos jovens hoje em dia, é muito raro termos certeza do que desejamos fazer futuramente, e um dos melhores recursos para esclarecermos dúvidas é a nossa família, que também tem um papel fundamental para que nós possamos ingressar em uma carreira com segurança e apoio de nossos familiares.

0 comentários:

Postar um comentário